quinta-feira, agosto 21, 2014

Sound City

 

Goste-se ou não se goste dos músicos participantes neste documentário e disco, é extraordinariamente importante esquecer eventuais ódios de estimação, náuseas ou preconceitos, e VER este documentário. Pelo menos, importante para quem gosta de Música, isso mesmo, com "M" maiúsculo. Já tinha "ouvido falar" deste documentário realizado por Dave Grohl, sobre um estúdio americano icónico dos anos 79, 80 e 90, e sobre a mesa de gravação do mesmo etc e tal. Sim senhor, já é sabido que o Grohl é um "nerd" musical e que se entrega às suas paixões com afinco e coração. Mas, sinceramente, devo confessar que não foi coisa que me tenha apelado muito. Aprecio o entusiasmo do Grohl e dos seus Foo Fighters de facto, mas pareceu-me que se tratava de uma coisa por demais "técnica" para um leigo como eu.
Pois, "proven wrong", após devido e imprevisto visionamento. Tal ocorreu por acaso em casa dum amigo, durante estas férias de Verão. "Ah, comprei este DVD, já que não encontrei o CD, vamos ver?" Pois que acedi, apesar das altas horas da noite e a sentir-me deveras cansado e ensonado, e assustei-me com a duração do filme.
Pois, acabei por ser absorvido pela história do famoso estúdio e pela descrição das qualidades da não menos famosa mesa de gravação que acabou no Studio 606 de Grohl. Vários músicos que naquele gravaram são chamados a prestar depoimento num excelente documento do que era o cenário musical de então, pré era digital e computorizada. Não só falaram como acederam a gravar músicas originais e a editá-las. "Real to Reel" é um fantástico documento musical que acompanha o documentário.

1 comentário:

Menina da Rádio disse...

Podes-te gabar de me teres deixado com vontade de ver um...documenário...